Mendanha diz que nunca defendeu seu nome para o governo de Goiás

O prefeito de Aparecida Gustavo Mendanha (sem partido) nega que esteja em pré-campanha e afirma que nunca defendeu próprio nome para pré-candidatura ao governo do Estado. “Nunca defendi meu nome dentro do partido. Até dizia que o nome natural seria o de Daniel [Vilela]. Mas o partido tomou uma decisão prematura e imatura”, disse ao Podcast Poder em Jogo, do Mais Goiás.

Gustavo pediu desfiliação do MDB na terça-feira (28). Em uma carta enviada ao Diretório Municipal de Aparecida de Goiânia. A saída foi movida pela decisão da direção estadual da sigla de declarar apoio à reeleição do governador Ronaldo Caiado (DEM).

No texto, Mendanha afirmou que o apoio foi decidido de forma precipitada e não respeitou a democracia interna do partido. Ele ressaltou ainda que Caiado sempre combateu o MDB e que fez intensa campanha contra o partido em Aparecida, Goiânia, Anápolis, Rio Verde, Porangatu e diversas outras cidades.

Gustavo Mendanha afirma que apoiaria outra candidatura de oposição

O prefeito de Aparecida, contudo, confirma que defende uma chapa de oposição. Ele, inclusive, admite que apoiaria um candidato escolhido por um grupo com bandeiras parecidas a dele.

“Tenho conversado com Jânio [Darrot, pré-candidato pelo Patriota] e com muitas outras pessoas. Vamos buscar o entendimento”, relata. Ele garante, ainda, que uma alternativa antagônica ao governo de Ronaldo Caiado (DEM) será colocada em 2022.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s