Rodovias federais em Goiás não têm mais bloqueios, confirma PRF

Polícia Rodoviária Federal (PRF)informou, na tarde desta quinta-feira (9), que não há mais nenhum ponto de rodovias federais em Goiás bloqueado por manifestações. Segundo o órgão, “nos quase 3 mil quilômetros de rodovias federais o trânsito flui normalmente neste momento”. Na última quarta-feira (8), a PRF havia registrado bloqueios de trechos de rodovias em diversas partes do estado, ocasionados por protestos de caminhoneiros.

Ontem, quarta-feira, a PRF registrou bloqueios de vias nas seguintes rodovias: BR-153, em Itumbiara; BR-153, em Porangatu; BR-364, em Mineiros; BR-364, em Santa Rita do Araguaia e BR-050, em Campo Alegre de Goiás. Na ocasião, os policiais informaram que estavam monitorando os bloqueios e negociando a liberação das vias.

No entanto, na manhã de hoje (9), a PRF informou que havia apenas um ponto de manifestação na BR-153, em Uruaçu, com concentração de veículos de carga que decorreu em trânsito livre para cargas perecíveis, carros de passeio, transportes de passageiros, emergências e sem interdição de fluxo. Já no período da tarde, o órgão não registrava mais nenhum ponto de manifestação. “A PRF está presente em todas as rodovias do estado, acompanhando e monitorando as movimentações, conseguindo a liberação de todos os pontos onde havia bloqueios”, garantiu.

Bloqueios sem ligação com entidade

Ao Mais Goiás, o presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga de Goiás (Sinditac), Vantuir Rodrigues, negou que os atos tenham ligação com a categoria. Para Vantuir, o bloqueio é um “ato irresponsável”, com “pautas sem pé nem cabeça”.

“Isso é coisa do agro, que está fazendo essas manifestações e usando o nome dos caminhoneiros. Só que não temos nada a ver com isso”, disse Rodrigues. As manifestações aconteceram um dia após  protestos de 7 de setembro com viés golpista a favor do presidente Jair Bolsonaro, que exigiram o impeachment de ministros do STF, como o ministro Alexandre de Moraes, e até o fechamento da Corte.

Bolsonaro pede para que manifestantes liberem estradas

Em áudio, o presidente Jair Bolsonaro pediu a aliados que façam contato com caminhoneiros alinhados ao governo para liberar as rodovias bloqueadas. Segundo ele, o bloqueio atrapalha a economia.

“Fala para os caminhoneiros aí que [eles] são nossos aliados, mas esses bloqueios aí atrapalham a nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo, em especial os mais pobres. Então, dá um toque nos caras aí, se for possível, para liberar, tá ok? Para a gente seguir a normalidade”, diz Bolsonaro.

A autenticidade do áudio foi confirmada pelo ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, que gravou um vídeo para falar sobre o assunto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s