Gás de cozinha sofre quinto aumento consecutivo e chega a R$ 110 em Goiás

O preço do gás de cozinha subiu de novo nesta segunda-feira (14). Desta vez, o reajuste foi de 5,9%. Este é o quinto aumento consecutivo neste ano, o que resulta em crescimento de 27% no total. Em Goiânia, um botijão pode ser encontrado pela média de preço de R$ 95. Em alguns municípios de Goiás, o valor chega a R$ 110 a unidade, devido ao valor do frete imbutido no preço final.

De acordo com o presidente do Sindicato das Empresas revendedoras de Gás e Região Centro-Oeste (Sinergás), Zenildo Dias do Vale, o aumento tem relação direta com o Dólar. Segundo ele, quando a moeda estadunidense sobe em relação ao Real, o preço do insumo também acompanha.

O valor do gás de cozinha afeta o consumo. O Sinergás registrou na Região Metropolitana a queda de pelo menos 20% na compra do insumo. Os donos de distribuidoras do produto também são diretamente afetados. Pelo menos 30 revendedores fecharam as portas desde o início do ano na Região Metropolitana.

Fechamento

Zenildo Dias do Vale explica que, devido aos altos preços, a demanda diminui, o que faz com o que os proprietários não tenham caixa suficiente para manter os estabelecimentos. “Literalmente o dono está vendendo o gás de hoje para comprar o de amanhã. Lembrando que a compra é sempre à vista”, afirma.

Segundo ele, a crise também empurra muitos revendedores para a ilegalidade. “Muitos acabam vendendo de forma irregular. Querem sobreviver”, diz.

Em Goiânia, são pelo menos 610 distribuidores de gás, contando supermecados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s