Proposta prevê fim da obrigatoriedade de terrenos públicos em novos loteamentos de Goiânia

Os novos loteamentos de Goiânia poderão ser formalizados sem a existência de áreas públicas municipais (APMs) chamadas de institucionais ou destinadas a equipamentos comunitários. Elas poderão ser trocadas por bens, serviços ou obras em outros bairros já consolidados e com demanda manifesta ou então pelo valor em dinheiro das áreas que será depositado no Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social (FMHIS). A mudança na regra está sendo analisada pelo prefeito Rogério Cruz (Republicanos) a partir de proposta no projeto de atualização do Plano Diretor (PD).

Foto: reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s