TJ de Goiás quer comissionados em cargos exclusivamente ocupados por servidores efetivos

Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) cogita elevar novamente o número de comissionados, com a substituição de funções de confiança, ocupadas exclusivamente por servidores efetivos. A direção do tribunal determinou cálculos para realização de estudos de transformação de cargos da estrutura dos gabinetes de desembargadores, que podem alcançar até 252 postos com custo de R$ 890 mil mensais.

Foto: reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s