Matrículas trancadas na UFG chegam a 1,7 mil após pandemia em Goiás

Na pandemia do coronavírus (Sars-CoV-2), a Universidade Federal de Goiás (UFG) tem sido atingida não só por cortes de orçamento do governo federal, mas também por mudanças no comportamento dos estudantes. O número de alunos da graduação com matrículas trancadas teve um aumento de 90%, quando se compara o mesmo período letivo de antes e depois da Covid-19. Reportagem do POPULAR da última quinta-feira (13) mostrou que cerca de 600 estudantes perderam pelo menos uma bolsa, após cortes de benefícios acumulados, para se enquadrar no orçamento reduzido de 2021.

Foto: reprodução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s